20 de novembro de 2010

Entardecer...

  Penso em te ver, mas o tempo não me permite usufruir de sua presença, quando vejo já passou da hora do encontro marcado, sinto- me nostálgica por deixar as horas me consumirem desse jeito, já nem sinto aquela ansiedade em te ver.  
    Me perco com meus sentimentos e me angustia saber que chegou mais um entardecer e nada mudou, eu estou me passando para trás, eu sei que já não existe aquele tempo, tempo de simplesmente saber viver e nunca olhar para o relógio e sentir que valeu cada minuto do seu lado...
  Infelizmente não podemos voltar o tempo ou simplesmente tentar recomeçar, porque o hoje já não é a mesma coisa, e o futuro pouco me importa, eu sei que foi tudo em vão e que eu poderia ter feito tudo diferente ou pelo mesmo me arriscado mais.
   Não podemos recuperar esse tempo, mas eu sei que posso ser melhor do que já fui e talvez encontrar em alguém tudo o que eu sempre sonhei: O doce gostinho de  sair por aí sem me preocupar com as horas e muito menos com as pessoas ao meu redor, sentir o gosto da liberdade e novamente a vontade de viver e ser feliz . 

2 comentários:

al disse...

mana gostei muito dos seu pensamentos são lindos

Marcos Serafim disse...

"eu estou me passando para trás, eu sei que já não existe aquele tempo, tempo de simplesmente saber viver e nunca olhar para o relógio e sentir que valeu cada minuto do seu lado..."

Quem é mesmo poeta por aqui??

Linda amiga, seus textos são pedaços reluzentes de alma...

Meus parabéns, de todo coração.